Serenata à Chuva / Singin' in the Rain

 Reservas encerradas
 
0
Categoria
o dia do cinematógrafo
Data
28-12-2018 14:30
Local
IPDJ - Faro
8000 - 408 Faro

Realização: Gene Kelly e Stanley Donen / Argumento: Betty Comden e Adolph Green / Fotografia: Harold Rosen / Direcção Artística: Cedric Gibbons e Randall Duell / Canções: “Singin’in the Rain”, “All I Do is Dream of You”, “Make’em Laugh”, “I’ve Got a Feelin’You are Foolin”, “The Wedding of the Painted Doll”, “Should I?”, “Beautiful Girl”, “You Were Meant For Me”, “Good Morning”, “Would You?”, “Broadway Melody”, “Broadway Rhytm”, “You Are my Lucky Star”, com música de Nacio Herb Brown e letra de Arthur Freed; “Fit as a Fiddle”, música de Al Hoffman e Al Goodhart e letra de Arthur Feed; “Moses” música de Roger Edens e letra de Arthur Freed / Interpretação: Gene Kely (Don Lockwood), Donald O’Connor (Cosmo Brown), Debbie Reynolds (Kathy Selden), Jean Hagen (Lina Lamont), Millard Mitchell (R.F. Simpson), Rita Moreno (Zelda Zanders), Douglas Fowley (Roscoe Dexter), Cyd Charisse (bailarina), etc.

 Estreia Mundial: 7 de Março de 1952 / Estreia em Portugal: Cinema S. Jorge, a 18 de Dezembro de 1952. Reposições no Cinema Condes, a 8 de Julho de 1977 e no Cinema Ávila, a 5 de Janeiro de 1996.

O maior musical da história do cinema? É a opinião geral e a sua fama está estabelecida. Mas é também uma maravilhosa homenagem à Sétima Arte e à conturbada fase de transição do mudo para o sonoro no final da década de 20, que está na base de alguns dos melhores gags do filme. E é ainda a antologia das grandes melodias daquele tempo, incluindo a que lhe dá o título e foi das primeiras a ser ouvida no cinema, numa obra de 1929. E é por uma sala de cinema (privada) que entra no filme o sonho e a arte de Cyd Charisse. Cinemateca Portuguesa


+ info: aqui

 
 

Criado em iCagenda