curtas portuguesas

 Reservas encerradas
 
0
Categoria
sessão especial
Data
18-05-2019 21:00
Local
8000-408 Faro
Esplanada IPDJ - Faro

Como Fernando Pessoa Salvou Portugal, Eugène Green, PT/FR/BE, 2018, 27', M/12

Nos anos 1920, a pedido de um dos seus empregadores, o poeta Fernando Pessoa cria um slogan publicitário para a bebida Coca-Louca, que cria o pânico no seio do governo autoritário da altura.

O Corpo de Afonso, João Pedro Rodrigues, PT, 2013, 32', M/12

Como seria o corpo do primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques, figura tutelar, alvo de mitificações sucessivas no decurso da nossa História?

A Glória de Fazer Cinema em Portugal, Manuel Mozos, PT, 2015, 16', M/12

A 18 de Setembro de 1929, José Régio escreveu uma carta a Alberto Serpa onde manifestou a vontade de fundar uma produtora para começar a fazer cinema. Para isso, pediu-lhe que contactasse um amigo seu, que teria uma câmara de filmar. Durante quase noventa anos, nada se soube sobre o desfecho deste pedido: nunca se encontrou qualquer resposta de Serpa à carta e Régio não terá voltado a mencionar o assunto. Porém, a descoberta de velhas bobines no espólio de um coleccionador, parece conter o desfecho desta história.

 Inserido na "Primavera Literária". Colaboração com a Biblioteca Municipal de Faro

 
 

Criado em iCagenda